Olhe ao seu redor. Esfregue os seus gravetos mentais e acenda um fogo. Acorde o macaquinho do sótom-mental. Eles estão lá, estão por toda a parte, e sustentam o seu mundo. É só ver. O que eles significam? Pra mim? Hum... bem... o que eles significam para você? Veja, simplesmente veja-os. Afinal, as maiores viagens também começaram com um único passo.

sexta-feira, junho 16, 2006

-_-"

Take everything from the inside and trow it all away... Eu jogaria tudo em cima das pessoas.
Quem ordena a execução não acende a fogueira... Eu tratia fósforo e querosene.
O meu ódio é o veneno que eu tomo querendo que o outro morra... Mas eu quardaria um pouco para as pessoas que merecem, e daria na veia.

Hoje eu acordei e queria matar metade das pessoas que eu conheço.

terça-feira, junho 13, 2006

Parabéns

Hoje é o aniversário do meu lindinho ^^
»» 18 anos ««
Parabéns pra ele ^^
Ah poxa, nem tenho muito a dizer. É tudo muito clichê, até demais.
So tenho a desejar muitas felicidades, muitos anos de vida, sucesso e realizações. Muitos abraços, risadas e pequenas felicidades diárias. Muito amor no coração e perseverança nos momentos difíceis.
E que a gente esteja sempre junto porque é isso que faz o sol nascer todas as manhãs pra mim.
Sorry não conseguir escrever mais coisas....

sexta-feira, junho 09, 2006

Uma Viagem pela Estrada de Tijolos Amarelos - 7º dia

Hoje o dia começou meio nublado. Está há muito tempo ameaçando chover e acho que hoje finalmente é o dia. Levantamos o acampamento e seguimos nosso caminho.
Descendo uma colina, avistamos ao longe na Estrada um grupo de pessoas vindo em nossa direção. Chegando um pouco mais perto, percebemos que era um grupo de pessoas altas e magras vestidas iguais andando com os braços abertos para os lados. Chegando um pouco mais perto, percebemos que era um grupo de mais ou menos 50 pessoas, e todos eram covers do Marilyn Manson, e todos estavam entoando em uníssono

I'm the invisible man
I'm the invisible man
Incredible how you can see right through me

When you hear a sound that you just can't place
Feel somethin' move that you just can't trace
When something sits on the end of your bed
Don't turn around when you hear me tread

I'm the invisible man

I'm the invisible man
Incredible how you can see right through me
I'm the invisible man

I'm the invisible man
It's criminal how I can see right through you

Now I'm in your room and I'm in your bed
And I'm in your life and I'm in your head...

(Queen- The Invisible Man)

Já tinha recebido notícias dessa seita, mas nunca imaginei que fosse encontrá-los assim, andando de dia pela estrada. A Alice achou-os tão legais que entrou no meio deles, abriu os braços e começou a andar que nem eles, mas nem dez passos adiante ela foi empurrada para fora do grupo:
_ Você não é um Marilyn Manson!

Tadinha... Ou será que foi sorte? Prefiro ficar sem saber.
O resto do dia foi tranquilo. Ainda não choveu.

~Rainha de Copas

Uma Viagem pela Estrada de Tijolos Amarelos - 6º dia

O dia hoje não teve nada muito interessante na sua primeira parte, mas um pouco depois do almoço encontramos em uma clareira perto da Estrada, uma grande reunião de pessoas vestidas como roqueiros. Sim, 'vestidas como' porque é cada vez mais difícil encontrar alguém que se vista assim de verdade, então persume-se que sejam todos posers. Era uma batalha de bandas e a Dorothy insistiu tanto para assistirmos um pouco que tive que ficar. Mas não era só sair entrando, pois a presença da Rainha certamente iria atrapalhar a banda pois todos iriam ficar com aquela história de honras e homenagens. Não tava ali para essa melação toda, eu tinha entrado pelo rock, yeah! Então fiquei escondidinha no cantinho numa boa depois de dar algum para o porteiro nos deixar entrar depois do início dos shows, isso me lembrou a Rainha Elisabeth no filme Shakespeare Apaixonado, só que no caso ela estava alí para assistir Romeu e Julieta mesmo.
O festival já estava rolando a um tempo, e agora já haviam apenas tres bandas. A música já havia começado, mas deu para ouvir uma parte:

(...)City of the dead
At the end of another lost highway
Signs misleading to nowhere
city of the damned
Lost children with dirty faces today
Noone really seems to care
HEY!

I don't care if you don't
I don't care if you don't
I don't care if you don't care
I don't care


Everyone's so full of shit
Born and raised by hypocrits
Hearts recycled but never saved
From the cradle to the grave
We are the kids of war and peace
From Anaheim to the Middle East


We are the stories and disciples of
The Jesus of suburbia
Land of make believe
And it don't believe in me


Land of make believe
And I don't believe
And I don't care!
I don't care!

Dearly beloved are you listening?
I can't remember a word that you were saying
Are we demented or am I disturbed?
The space that's in between insane and insecure.


Oh therapy, can you please fill the void?
Am I retarded or am I just overjoyed?
Nobody's perfect and I stand accused
For lack of a better word, and that's my best excuse.

To live and not to breathe
Is to die in tragedy
To run, to run away
To find what you believe

And I leave behind
This hurricane of fucking lies
I lost my faith to this
This town that don't exist

So I run
I run away

The light of masochist
And I leave behind
This hurricane of fucking lies
And I walked this line
A million and one fucking times
But not this time

I don't feel any shame
I won't apologize
When there ain't nowhere you can go

Running away from pain
When you've been victimized
Tales from another broken HOME

You're leaving...
You're leaving...
You're leaving...
Ah! You're leaving home..
.

Esse foi o Green Day cantando uma de suas últimas composições: Jesus os Suburbia. Foi uma música interessantes, não há como negar. A próxima banda começou a tocas logo depois.

I don't need to be a global citizen
because I''m blessed by nationality
I'm member of a growing populace
we enforce our popularity
there are things that
seem to pull us under
and there are things
that drag us down
but there's a power
and a vital presence
thats lurking all around

we've got the american Jesus
see him on the interstate
we've got the american Jesus
he helped build the
president's estate

I feel sorry
for the earth's population
'cuz so few
live in the U.S.A.
at least the foreigners
can copy our morality
they can visit but they cannot stay
only precious few
can garner the prosperity
it makes us walk
with renewed confidence
we've got a place to go when we die
and the architect resides right here

we've got the american Jesus
overwhelming millions every day
(exercising his authority)

he's the farmers barren fields
the force the army wields
the expession in the faces
of the starving children
the power of the man
he's the fuel that drives the clan
he's the motive and conscience
of the murderer
he's the preacher on tv
the false sincerity
the form letter that's written
by the big computers
he's the nuclear bombs
and the kids with no moms
and I'm fearful that
he's inside me


Hum, The Offspring com American Jesus. Realmente essa seria uma decisão difícil. Nem bem os meninos saíram do palco, a próxima banda já estava pronta para tocar.

I hear you on the radio
You permeate my screen, its' unkind but
If I met you in a scissor fight
I'd cut off both your wings on principle alone
On principle alone

Hey megalomaniac
You're no Jesus
Yeah, you're no fucking Elvis
Wash your hands clean of yourself, Baby
Step down
Step down

If I were your appendages
I'd hold open your eyes
So you would see
That all of us are heaven sent
And there was never meant to be only one
To be only one

Hey megalomaniac
You're no Jesus
Yeah, you're no fucking Elvis
Wash your hands clean of yourself, Baby


Step down
Step down
Step down
Step down
Step down
Oh! step down

Yeah
You're no Jesus
You're no Elvis
You're no Jesus
You're no Jesus
You're no Elvis
You're no answer

Step down

Hey megalomaniac
You're no Jesus
Yeah, you're no fucking Elvis
Special, as you know yourself, maniac

Step down
Step down
Step down
Oh step down
Oh step down
Step down


A platéia deu o veredito antes mesmo dos jurados terem percebido o que aconteceu. O Incubus tocando Megalomaniac era imbatível.

Depois de darmos os parabéns para a a banda vencedora, não sem antes revelar minha presença para o espanto de todos os presentes, saimos de fininho e continuamos nossa viagem.

~Rainha de Copas

--> Você não se lembra o que aconteceu antes? Clique aqui e veja o primeiro dia.
http://castelodecopas.blogspot.com/2005/04/uma-viagem-pela-estrada-de-tijolos.html
Volte sempre e use filtro solar.