Olhe ao seu redor. Esfregue os seus gravetos mentais e acenda um fogo. Acorde o macaquinho do sótom-mental. Eles estão lá, estão por toda a parte, e sustentam o seu mundo. É só ver. O que eles significam? Pra mim? Hum... bem... o que eles significam para você? Veja, simplesmente veja-os. Afinal, as maiores viagens também começaram com um único passo.

domingo, outubro 28, 2007

o Fim dos tempos

Outubro, o mês do Halloweem para os cursinhos de inglês, Beltane para os alinhados com o Círculo do Sul..
Mas para mim, por hora, é o prenúncio do fim dos tempos. Não, nada de Apocalipse... Apenas faltam, a contar de agora, 13 dias para a prova da UFRJ, a primeira de uma tríade terrível mas que será a última e encerrará o meu ano.
O que eu andei fazendo nesse ano todo? Não saberia dizer, aonde foi o meu ano por falar nele? Simplesmente comecei o ano e de repente, agora, estou aqui, já com a corda no pescoço descendo o abismo a 200km/h... Quando chegar lá em baixo, daqui a exatos 13 dias, será a hora de saber do que é feito o homem, do que eu sou feita, e se eu ainda sei fazer uma redação direito (este blog que o diga, tantos meses sem nenhuma atividade por qui).

Estive mesmo meio etérea, mas mesmo assim sempre estive por aqui.


Modernismo de hoje:
Antropofagia. A transformação permanente do Tabu em totem.
Volte sempre e use filtro solar.